Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perfect Housewife à Porto



Sexta-feira, 23.11.12

O Amor não está ao virar de cada esquina, apenas a diversão!!

Se todos nós nascemos para sermos felizes, porque raio é que sofremos por Amor?

O que nos leva a escolher o que está errado, e o que nos leva a sofrer em silêncio?! Muito honestamente não consigo entender... Aliás considero-me das poucas sortudas nesse campo.

Nunca chorei por Amor, nunca fui traída, nem mal tratada...confesso até que dos poucos namorados que tive, a besta fui sempre eu pois nunca me soube entregar. Construía um muro impenetrável à minha volta, e se eles me amavam a 85% eu amava a 65%. Uma situação injusta...mas simplesmente nunca me soube entregar!

O unico que conseguiu derrobar o meu escudo/máscara foi o meu marido, já no nosso 3º mês de namoro! Ainda hoje consigo recordar o dia em que cheguei a casa e me vi 100kg's mais leve, o dia em que tudo mudou...(e o mais engraçado é que ele também o sabe dizer, sabe identificar esse mesmo dia em que tomando um simples café, falamos durante horas e eu simplesmente me tornei mais EU)!

Mas sei de tantas pessoas que sofrem por Amor e em silêncio que me pergunto: o que é que eu tenho que elas não têm? o que pode levar alguém à cegueira? «o Amor não vê caras, o Amor é cego» ...sim de acordo, nunca me apaixonei por alguém por ser parecido com o Rodrigo Santoro ou o Kurt Cobain...muito menos por ser alto, baixo, gordo ou magro... sempre me apaixonei por 'olhos meigos', 'gestos doces', uma boa conversa e instintos e ideais que reconhecia como qualidade... 

Não percebo o que pode levar alguém a se sentir atraído pela agrassividade de alguém, pela ausência emotiva, pela falta de compromisso...eu sei lá mais o quê!

O que é feito do instinto? Se conseguimos ver o respeito e paixão nos olhos de um outro casal, porque não conseguimos ver a ausência do mesmo na nossa própria relação?! 

Sejam felizes na vossa própria medida, não desesperem nem se contentem com pouco... não adianta entrar numa relação abusiva que apenas nos corrói, e nunca mas nunca pensem que o outro muda, pois ninguém tem o direito de mudar ninguém. Apenas as cabeçadas nos fazem abrir os olhos, e as quedas nos podem ensinar a levantar...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Alexandra Pereira às 17:36

mytaste

Top blogs de receitas